Babywearing

Babywearing

No seguimento da Semana Europeia de “Babywearing”, surge esta publicação como forma de auxiliar no processo de escolha e estabelecer regras importantes de segurança. 

Babywearing” significa “vestir o bebé”, dando-lhe colo através do uso de um porta-bebés, que pode ser de vários tipos: “slings” de pano (elástico ou rígido), “slings” de argolas, “slings pouch”, “mei-tai”, porta-bebés semi-estruturados e mochilas ergonómicas.

Esta prática está longe de ser uma novidade dos nossos tempos, mas nos últimos anos tem ganho bastante notoriedade. No entanto, devido à variedade de oferta, é importante ter presentes noções importantes.

Como escolher o modelo certo?

O ideal será que experimentem vários modelos ou, na ausência dessa possibilidade, que pensem nas vossas necessidades:

  • Querem utilizar num recém-nascido? Talvez um “sling wrap” elástico seja uma boa opção!
  • Querem uma opção para caminhadas maiores? Um “mei tai” ou uma mochila ergonómica poderá ser a opção certa!

Aconselhem-se com profissionais especializados, que vos poderão ajudar a decidir mediante a vossa realidade, sempre que possível.

Independentemente do modelo, há 2 factores que devem ser transversais a qualquer porta-bebés: SEGURANÇA e ERGONOMIA. Existem algumas regras que são um bom fio condutor na escolha e colocação dos artigos de “babywearing”:

  1. Deve ser respeitada a curvatura fisiológica da coluna do bebé: daí que a posição preferencial seja à frente, voltado para o cuidador; depois de se sentar sozinho, poderá ser carregado nas costas, se o modelo permitir
(C) Baby-Doo USA 2015
  1. as pernas deverão ser posicionadas de forma a formar um “M”:

– joelhos mais altos que as ancas

– pernas abertas e rodadas para fora

– bacia em báscula anterior

(C) Baby-Doo USA 2015

 

3. em termos de segurança do bebé é importante garantir as regras da mnemónica T.I.C.K.S:

Tight (o porta-bebés deve estar justo, sem folgas)

In view at all times (bebé à vista)

Close enough to kiss (o bebé deve estar à distância de um beijinho na testa/cabeça)

Keep chin off chest (manter queixo longe do peito

Supported back (coluna do bebé sempre apoiada)

  1. por fim, é desaconselhado colocar o bebé voltado para a frente (a não ser por curtos períodos), pois não permite uma posição fisiológica e distribui erradamente o peso tanto no bebé como no portador…isto mesmo que a marca mencione essa posição como possível

Independentemente da vossa escolha, antes de comprarem um produto, certifiquem-se da sua qualidade e de como o bebé posicionado fica durante a utilização: infelizmente existem no mercado muitos produtos de “babywearing” de má qualidade e que não respeitam a anatomia e conforto do bebé e/ou do utilizador. Se tiverem em consideração todas estas questões, o “babywearing” poderá ser uma excelente solução para a vossa família!

Bom colinho!

Adicionar-me Vamos informá-lo(a) quando o produto estiver em stock. Por favor deixe o seu endereço de email abaixo.